Nazete Araújo – Fisioterapeuta

Você já ouviu falar em estenose vaginal?

Estenose vaginal é o estreitamento e/ou encurtamento da vagina, devido a formação de tecido cicatricial. Acomete a mucosa vaginal, os tecidos conectivos e os pequenos vasos sanguíneos, ocasionando encurtamento, diminuição da espessura e elasticidade da mucosa vaginal, ausência de lubrificação, formação de aderências e fibroses, tendo como resultado a secura vaginal, dor na relação sexual com penetração (denominada dispareunia), grave desconforto, dificuldades nos exames ginecológicos clínicos de rotina, indispensáveis no seguimento clínico dessas mulheres.

Esse estreitamento e/ou encurtamento vaginal também pode levar a sangramentos durante o ato sexual, e como consequência disso, a mulher pode sentir diminuição da libido e do prazer, associada a baixa autoestima, que causa estresse emocional e prejuízo funcional com repercussão negativa na saúde sexual e de seus parceiros que muitas vezes não é bem compreendido por eles.

Qual a principal causa?

O principal fator que causa essa condição diz respeito à repercussão do tratamento de câncer de colo uterino por meio da Braquiterapia, conhecida também como radioterapia interna, a qual um material radioativo é inserido dentro ou próximo ao órgão a ser tratado.

Esse tratamento tende a ter maior eficácia e menor probabilidade de complicações, porém, em virtude do direcionamento da irradiação e incidência no canal vaginal, efeitos colaterais podem estar presentes principalmente no útero e nas paredes vaginais, gerando redução da elasticidade vaginal e uma resposta sexual inadequada, com consequente desenvolvimento de disfunções sexuais.

Além disso, a toxicidade da radiação gera alterações na coloração da mucosa vaginal, deixando-a mais pálida, por causa do afinamento, ressecamento e inflamação da mucosa vaginal.

É importante ressaltar que os sangramentos vaginais não devem ser confundidos com períodos menstruais, pois a braquiterapia gera deficiência do hormônio estrogênio e diminuição da função dos ovários, fazendo com que as mulheres não menstruem mais.

Como o fisioterapeuta   pode ajudar nos casos de Estenose Vaginal?

Após avaliação fisioterapêutica com identificação do grau de complicação e funcionalidade da região pélvica, o fisioterapeuta pode intervir através de recursos que restabeleçam a função total ou parcial possibilitando restaurar sua qualidade de vida e saúde sexual.

Uso de massagem específica perineal, dilatadores vaginais de uso progressivo, junto de lubrificante para aumentar a elasticidade do canal vaginal, associados a técnicas de Cinesioterapia, favorecem o relaxamento da região.  Além disso, é possível realizar a reeducação perineal, com o treino da contração dos músculos do assoalho pélvico.

Todos esses recursos podem trazer benefícios quanto às atividades sexuais da mulher, melhorando a autoestima, autoconfiança e diminuindo a dor na relação sexual.

É sugerido que a fisioterapia pélvica inicie o mais breve possível, por volta de duas semanas após a braquiterapia, pois quanto antes se iniciar o tratamento fisioterapêutico melhor o resultado. Converse com seu médico sobre suas dificuldades e desconfortos o mais rápido possível e procure um fisioterapeuta especializado. Não sofra calada, estamos aqui para ajudar você a resgatar sua saúde íntima e sexual.

Dicas e orientações para quem vai fazer Braquiterapia:

Para prevenir a estenose, a atrofia vaginal e outras complicações, é importante que a paciente faça um acompanhamento multiprofissional mesmo antes de realizar a braquiterapia, pois nesse momento, ela poderá ser informada quanto às possíveis consequências e estará mais consciente das medidas de cuidado que precisará ter.

É importante esclarecer que o ato sexual não é recomendado nos dias do tratamento de braquiterapia, principalmente no dia anterior ao procedimento, para evitar traumatismo e possíveis contaminações.

Entretanto, após o tratamento pela Braquiterapia, a própria mulher pode evitar o desenvolvimento da estenose, auxiliando no alongamento das paredes da vagina algumas vezes por semana e em casa, seja a partir de práticas sexuais com penetração ou usando um dilatador vaginal.

Gostou da matéria?  Comenta aí!

Quer saber mais como podemos ajudar?

Entre em contato que teremos satisfação em lhe atender.

 

Autores: Nazete Araújo

Rayana Carvalho Barros (Acadêmica de Fisioterapia da Universidade do Estado do Pará – UEPA)

Referências:

http://www.fisioterapiaembh.com.br/fisioterapia/fisioterapia-no-tratamento-da-estenose-vaginal/

NASCIMENTO, K. C. do; MODESTO, F. C.; CARVALHO, R. B. de M. .; FERREIRA, K. R.; LOPES SOUZA, P. .; SILVA, G. T. da . Adherence to physiotherapeutic guidelines in the prevention of vaginal stenosis after brachytherapy in the treatment of cervical cancer. Research, Society and Development[S. l.], v. 10, n. 5, p. e19010514876, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i5.14876. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14876

https://www.fisioterapiaecancer.com.br/ginecologico

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/radioterapia-para-cancer-de-colo-do-utero/1288/285/

4 comentários sobre “Você já ouviu falar em estenose vaginal?

  1. MARIA DO SOCORRO DA COSTA COELHO disse:

    Um texto relevante que que mostra o avanço no tratamento de patologias que no passado ninguém discutiu a ficava nas costas simplesmente da “velhice” , como se nada fosse possível fazer para melhorar a saúde intima de milhares de mulheres. Parabéns pelo texto!

    1. Nazete Araújo disse:

      Obrigada! Temos muito a aprender e crescer através de informações que muitas vezes despertam a vontade de nos cuidar.

  2. Gorete correa disse:

    Esse texto conta exatamente como cheguei na clínica cafisio mulher. Aqui eu cheguei. Depressiva, vida sexual zero após um tratamento intenso de câncer de colo.entrei em uma menopausa precosse ,e sem estímulo algum na vida sexual. Hoje posso afirmar já sou outra mulher. Obrigada pelo carinho ❤ e profissionalismo e paciência que tenho recebido dos profissionais dessa clínica maravilhosa. Começando pela secretaria com o seu doce bom dia até chegar nas mãos da doutora nazete,que é a minha fisioterapeuta. Obrigada por tudo. Obrigada doutora nazete confiei na senhora desdo momento que a senhora me disse fique tranquilo vamos cuidar da sua saúde sexual e assim tem sido..um progresso de 80% pra quem chegou o% da minga saúde sexual. Enfim já ganhei meu ano 2021 .eu sei que é um dia de cada vez .e eu serei eternamente grata ❣sexo é vida

    1. Nazete Araújo disse:

      Obrigada querida! Nosso trabalho é só o caminho, sua ajuda e determinação em querer melhorar, faz com que o resultado a cada dia seja melhor , isto é o que trás mais alegria a nossa equipe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *